Primeira parte da obra da sede do Parque da Mata da Pipa é concluida

O diretor-geral do Idema, Leon Aguiar, esteve nesta quinta-feira (5), em Tibau do Sul para receber a primeira etapa da construção do Ecoposto do Parque Estadual Mata da Pipa (PEMP), no município. A sede do Parque fica localizada às margens da RN 003, que liga Pipa à Sibaúma, ao lado do PEMP.

A obra do Ecoposto é executada, por meio de Compensação Ambiental das empresas Cascar Brasil Mineração, Esperanza Transmissora de Energia e a Maré Cimento (Polimix Concreto) – Mizu.

O Ecoposto funcionará como unidade administrativa do órgão, servindo de apoio à gestão da Unidade de Conservação, além de ofertar conteúdo e atividades para os visitantes, e de infraestrutura para pesquisadores que desenvolvem suas atividades na área e para o policiamento ambiental.

Na primeira etapa da obra foram concluídas a terraplanagem, estacionamento, pórtico de entrada e passeios. A edificação abrigará auditório, biblioteca, administração, copa, banheiros e um pátio interno central para diversas atividades relacionadas à educação ambiental e interação com a comunidade, como exposições, palestras, rodas de leitura, apresentações, etc.

“É preciso criar as condições para desenvolver e valorizar, cada vez mais, nossas Unidades de Conservação. Precisamos continuar essa atuação integrando as pessoas a esses espaços, fortalecendo o sentimento de pertencimento, de bom uso e conservação dessas áreas”, disse o diretor-geral do Idema, Leon Aguiar.

Ainda de acordo com o diretor do Idema, a obra vai garantir um espaço na Unidade de Conservação para a população potiguar utilizar. “Os moradores do município e região, além dos turistas, terão acesso ao Ecoposto, a educação ambiental e a biodiversidade existente na Mata Atlântica”, informou Leon Aguiar.

A equipe do Núcleo de Arquitetura e Engenharia (NAE) acompanhou todas as obras. Também estiveram presentes a gestora do PEMP, Mariana Gondim, e representantes da Assessoria Técnica da Câmara de Compensação do Idema.

Para o engenheiro ambiental da Mizu, Antônio Aquino, a empresa é responsável pela obra de infraestrutura da Unidade. “Nossa empresa trabalha em parceria com Idema e por meio da compensação ambiental, prevista em Lei, podemos investir nesta obra tão aguardada e importante para a população e para o meio ambiente. Não é apenas um cumprimento legal, mas sim nossa reponsabilidade socioambiental demostrada efetivamente”.

A gestora do PEMP, Mariana Gondim, esclarece que o Ecoposto representa um marco do Estado em Pipa. ”Um espaço para a comunidade e visitantes. Uma Unidade de Conservação importante para a Mata Atlântica e a preservação do bioma”.

Fonte: Blog FM

Seja o primeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.