Defesa Civil recolhe aproximadamente 20 kg de resíduos de óleo em praia na Via Costeira

Fragmentos de óleo continuam atingindo o litoral do Rio Grande do Norte. Em monitoramento realizado na quinta-feira (22), a Defesa Civil de Natal recolheu cerca de 20 kg de resíduos de óleo ao longo de 2 km da praia da Via Costeira, próximo ao antigo Hospital de Campanha. Segundo Paulo Henrique Costa, agente da Defesa Civil que participou da ação, a praia vem sendo a mais atingida da capital.

Ele explica que, ainda que fragmentos também tenham sido identificados na praia da Redinha, a maior parte das amostras está sendo recolhidas nas praias da Via Costeira. Em relação ao tamanho dos resíduos, aponta, geralmente são pequenos. Ao longo do monitoramento da quinta-feira, no entanto, um fragmento de pelo menos 2 kg foi recolhido junto a outras amostras que foram encaminhadas à Defesa Civil de Natal.

Na capital, o agente Paulo Henrique Costa aponta que a fiscalização está sendo realizado por meio de vistorias em todas as praias e, após esse processo, a equipe retorna aos locais em que foram verificados resíduos para fazer a retirada. Caso a população se depare com os materiais, basta discar 190 para acionar o órgão até o local.

O Instituto de Desenvolvimento Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema/RN)  já confirmou o aparecimento de manchas de óleo nas praias da Mina, em Tibau do Sul, Sagi, em Baía Formosa, e nas praias de Barreta e Búzios, em Nísia Floresta. Em comunicado sobre esses casos, o Instituto afirmou que medidas estão sendo adotadas em relação ao reaparecimento das manchas de óleo por meio do Grupo de Monitoramento integrado pelo Ibama, Marinha do Brasil – Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte (CPRN), Ministério Público Federal e Defesa Civil Estadual.

Fonte: TN RN.

Foto: Divulgação.

Seja o primeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.