Mercado de bikes elétricas continua em forte expansão pelo mundo

Com tecnologia e modelos cada dia mais acessíveis, as bicicletas elétricas estão rapidamente se popularizando em todo o mundo. Dados da Alemanha, Espanha, Estados Unidos e França mostram o crescimento histórico desse setor no ano de 2021.

Na Alemanha, a indústria de bicicletas aumentou o faturamento em 10% no ano de 2021. Ao todo, a produção doméstica foi de 2,37 milhões de bicicletas, com destaque para as e-bikes que obtiveram um aumento de 8% (1,43 milhões de unidades). A cada dez bicicletas produzidas na Alemanha, seis são elétricas. Considerando tanto a produção quanto a importação, o número de vendas de bicicletas elétricas aumentou de 1,95 para 2 milhões de unidades na Alemanha, o que representa um marketshare impressionante de 42,5%.

A Espanha, por sua vez, superou em 2021 o recorde do ano anterior em vendas de bicicletas elétricas. De acordo com as últimas estatísticas, o volume de vendas de e-bikes aumentou 5,3% em 2021: foram comercializadas 223.561 unidades de bicicletas elétricas, em um mercado total de 1.571.368 considerando bikes convencionais e elétricas. Ou seja, um marketshare de 14% para as elétricas.

Nos EUA, os dados revelam que o país importou quase 790.000 bicicletas elétricas no ano passado. Isso significa que as e-bikes superaram a quantidade de carros elétricos importados no país – foram 652.000 carros elétricos em 2021.

Por fim, na França, o ano passado foi de vendas recordes: 659 mil e-bikes, um aumento de 28% em comparação com 2020. As bicicletas elétricas representam um marketshare de 24% do total de vendas de bicicletas no país. Em volume de negócios, o segmento registou um crescimento de 23%, representando 1,3 bilhão de euros – ou 59% do valor total do mercado francês de bicicletas.

Fonte: Bicicleta News

Seja o primeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.