Pescador acha restos de navio do século 17 com antiga carga de cera de abelha

Enquanto explorava uma caverna na costa de Oregon, nos Estados Unidos, o pescador Craig Andes encontrou pedaços de madeira de um navio afundado no século 17. A identidade da embarcação comercial, conhecida como Santo Cristo de Burgos foi confirmada por arqueólogos, conforme anúncio de 18 de junho da Sociedade Arqueológica Marítima (da sigla em inglês, MAS).

Segundo o site britânico Daily Mail, Andes relatou a descoberta ao grupo de pesquisadores em 2020, que estudou os destroços em colaboração com o Departamento de Parques e Recreação de Oregon, o Museu Columbia River Maritime e agências locais. Os especialistas realizaram datação por radiocarbono na madeira do barco, concluindo que se tratava mesmo do navio espanhol visto por último ao deixar as Filipinas em direção ao México em 1693.

Fonte: Revista Galileu.

Seja o primeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.