Terra vista da Estação Espacial Internacional. Uma visão alarmante

O astronauta francês Thomas Pesquet passou seis meses a bordo da Estação Espacial Internacional no ano passado, e sua visão da Terra era tão alarmante quanto de tirar o fôlego.

Ele diz que desde sua visita anterior ao espaço, em 2016, as consequências da atividade humana se tornaram ainda mais aparente, com as geleiras recuando Reprodução/NASA

Longos períodos com os pés em terra firme lhe deram uma perspectiva única e privilegiada sobre nosso planeta. Sua conta no Instagram está repleta de belas imagens da “bola azul que chamamos de lar”. Mas a beleza está manchada.  Pesquet diz que mesmo do espaço os efeitos das mudanças climáticas são visíveis.

Ele diz que desde sua visita anterior ao espaço, em 2016, as consequências da atividade humana se tornaram ainda mais aparentes, com as geleiras recuando visivelmente e o aumento dos eventos climáticos extremos.

A preocupação ambiental o motivou a se tornar um Embaixador da Boa Vontade da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO).

Como astronauta a bordo da ISS, ele apoiou a pesquisa da FAO sobre inovação agrícola e métodos de produção de alimentos. Recursos limitados no espaço oferecem uma oportunidade para modelar o comportamento humano em um planeta com recursos cada vez menores, e Pesquet quer destacar os paralelos entre a vida em uma espaçonave e a vida na Terra.

Fonte: MSN, Isto É Dinheiro

Seja o primeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.